Jovens do distrito KaMavota e Katembe são formados em matéria sobre masculinidade, sexualidade e direitos sexuais e reprodutivos

Por: Severino Ngole

No mês de Dezembro de 2014 a Rede HOPEM realizou duas formações sobre masculinidade, sexualidade e direitos sexuais e reprodutivos (DSR) para 44 jovens provenientes da Organização Juvenil Mondlane o Nosso Orgulho (ORJUMO), Organização da Juventude Moçambicana (OJM) e da Associação Jovens Raízes da Catembe (AJRC) do Distrito Municipal Kamavota e Katembe.

As duas formações visavam essencialmente aumentar a consciência, conhecimentos e habilidades masculinas sobre as responsabilidades sexuais e reprodutivas conjuntas entre homens e mulheres, com vista ao engajamento de homens e rapazes nas questões de igualdade de género, violência baseada no género, saúde masculina, direitos sexuais e reprodutivos.

Nestas formações foram partilhadas informações sobre a construção social e cultural das masculinidades e como estas influenciam negativamente a igualdade de género, a violência contra a mulher e os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres e rapazes, assim como as estratégias para a desconstrução de aspectos negativos relacionados as masculinidade, que conduzem a problemas nos direitos e na saúde sexual e reprodutiva nestas camadas, no sentido de se promover um envolvimento efectivo de homens e rapazes na promoção da igualdade de género.

Como corrobora Ernesto Alcino Massinga, um dos participantes das sessões de formação do Distrito Municipal Katembe ”falar de direitos sexuais e reprodutivos é ter sabedoria sobre os direitos sexuais e reprodutivos para que saibamos ter acompanhamentos necessário”.

De igual forma foram identificados modelos ou referências de intervenções para engajamento de homens e rapazes que rejeitam atitudes e comportamentos negativos das masculinidades e que estabelecem relações mais afectivas e equitativas de género, que promovam a saúde masculina e os direitos sexuais e reprodutivos nestes dois distritos.


A avaliação feita aos formandos mostrou que a sessões foram produtivas e o tema que mais atraiu as atenções, foi o tema sobre a homossexualidade por ser, um assunto pouco abordado nas formações e, quando abordado é feito geralmente, com pouca profundidade. Segundo Edson Elias Hojuane, jovem do Distrito Municipal da Katembe “recomendaria a formação para outros jovens porque transforma a forma de pensar e agir”.

É preciso frisar que a formação no Distrito Municipal da Katembe foi realizada em parceria com o Conselho Distrital da Juventude (CDJ) e a Direcção Distrital da Juventude e Desportos, que apoiaram na mobilização dos participantes.